Futuro imperfeito e o futuro perfeito

Os tempos verbais e as conjugações são obrigatórios nos primeiros anos da escola. Há quem leve todo esse conhecimento para vida, uns perdem-no rapidamente, outros nunca o ganharam. Felizmente, muitos conservam o mais importante. Porém, isto de conservar o mais importante tem o problema de nos esquecermos de certos pormenores. Trazemos hoje um desses pormenores.

A diferença entre o futuro imperfeito e o futuro perfeito.

O futuro imperfeito indica meramente uma ação que vai acontecer.
O perfeito é mais apurado: a ação vai acontecer, mas antes de um momento definido ou de outra ação futura.

Exemplos:

  • Em setembro farei a encomenda. (FI)
  • Em outubro já terei feito a encomenda. (FP)

Já não se lembravam desta terminologia, pois não? 😉

Para mais exemplos, consulte o site da Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, (ISCTE).

Publicado por Paulo Colaço

Gosto de me considerar um filho da diáspora. Três continentes fizeram de mim quem sou: um português de Goa, nascido em Moçambique. Sempre achei que a linha reta é a distância mais enfadonha entre dois pontos: é por isso que o meu percurso está cheio de excitantes reviravoltas. Comecei no Direito e estou hoje na Comunicação. Pelo meio encontrei o jornalismo, a rádio, a assessoria autárquica e a direção técnica de uma agência criativa. A minha atividade principal é a assessoria política, parlamentar e de comunicação. Sou também formador, copywriter e ensino xadrez. Reputado pantagruélico, para mim a palavra «como» é apenas uma forma verbal. Viajo vorazmente com o firme propósito de provar que Lisboa é mesmo a cidade mais bonita do mundo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s